Especialidades

Fisioterapia

A fisioterapia é um ramo das ciências médicas que ganha cada vez mais destaque. Afinal, quem nunca ouviu falar de alguém que está fazendo ou fez terapia ou mesmo já realizou sessões da mesma? De uma maneira bastante simples, podemos definir a fisioterapia como uma ciência da saúde que visa prevenir, diagnosticar, tratar e, claro, estudar possíveis condições nos sistemas e órgãos do corpo humano.


Além disso, ela também atua com os benefícios que o movimento corporal pode oferecer - por isso, as empresas costumar contar com fisioterapeutas que realizam a ginástica laboral, com objetivo de prevenir lesões e manter a mão de obra sempre saudável e produtiva.


Campos de atuação do profissional fisioterapeuta

Em termos de especialidade em fisioterapia, existem muitas. Talvez a mais conhecida delas seja a área de traumatologia e ortopedia, na qual trabalha-se disfunções de origens muscular e óssea, como fraturas, reumatismos, traumas musculares, etc.


Dentre as demais áreas de atuação, podemos citar:


- Dermatologia e estética: faz uso de recursos como o laser, massoterapia, eletroterapia, dentre outras;


- Neurologia (adulto e pediátrica): atua com o tratamento de doenças que afetam o sistema nervoso, que causam distúrbios de coordenação motora, falta de força, pouco equilíbrio, etc.;


- Cardiovascular: visa melhorar o bem-estar físico, mental e social de pacientes acometidos por enfarte, insuficiência cardíaca e doenças arteriais;


- Fisioterapia esportiva: preveni e trata lesões provocadas por ou durante atividades físicas;


- Fisioterapia do trabalho: previne e trata lesões de colunas, artrite, LER (lesão por esforço repetitivo) e outras condições à saúde que o trabalho oferece;


- UTI: uma especialidade relativamente nova (criada em 2002), este ramo trata de pacientes em estado crítico, através da manutenção da assistência ventilatória e intervenção integrada, por exemplo.


Se as especialidades são muitas, os locais nos quais os fisioterapeutas podem atuar também são muitos. Dentre eles, temos o home care, isto é, atendimento direto na casa do paciente; na educação, por meio de docência em ensino superior, cargos de chefia e pesquisa; na saúde coletiva, atuando em vigilância sanitária, saúde do trabalho e ações básicas em saúde coletiva; além de consultórios, clínicas, ambulatórios e hospitais.


Principais doenças tratadas

Mais acima já tivemos a oportunidade de ver algumas doenças e sinais de doenças nas quais o fisioterapeuta atua, normalmente em conjunto com outros profissionais da saúde. Como trata-se de uma lista bastante extensa, na sequência iremos explorar aquelas de maior gravidade e as que são mais comuns entre a população.


- Atrofia: existem diversos tipos de atrofias e todas elas se caracterizam pela redução do volume de células e diminuição do local ou órgão atingido. Dependendo do tipo, pode causar deformidades, problemas de movimento e equilíbrio, dentre outros;


- Deformidades congênitas: são as deformidades com as quais a criança já nasce. Com a fisioterapia, os afetados ganham mais qualidade de vida e podem fazer tarefas que de outro modo seriam impossíveis, como desenhar, andar sem auxílio de equipamentos, etc.;


- Esclerose múltipla;

- Luxações;

- Paralisias;

- Poliomielite;

- Traumatismo;

- Dor nas costas;

- Dor lombar.


 

Nossas Unidades
Barueri
Cajamar
Carapicuíba I - Tâmara
Carapicuíba II - Inocêncio
Itapevi
  • Rua Escolástica Chaluppe,30 Centro
  • 11 3883-3373/4553-6626
  • Atendimento Seg a Sex: 8h às 18h Sábados: 8h às 12h
  • Saiba mais
  • Agendar consulta
Jandira
  • Av. André Vidal de Negreiros,276 Centro
  • 11 4707-2250/4789-3401
  • Atendimento Seg a Sex: 8h às 21h Sábados: 8h às 12h
  • Saiba mais
  • Agendar consulta
Jd. Mutinga
Osasco I - Helena Maria
Osasco II - Santo Antônio
Pq. dos Camargos
Copyrights © 2016-2019 Hospitalis - Todos os direitos reservados